E24

Braga: Avança projeto de renaturalização do rio Este na “zona da Lagoa”

O Município de Braga está prestes a dar início a uma emocionante nova fase do projeto de renaturalização do rio Este, na área conhecida como ‘zona da lagoa’, entre a Avenida Mestre José Veiga e a comporta da lagoa, no eixo desportivo da Rodovia.

A autarquia bracarense formalizou hoje um importante acordo com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), que prevê o financiamento desta intervenção em aproximadamente 80%, através do Fundo Ambiental.

O secretário de Estado do Ambiente, Hugo Pires, anunciou o compromisso do Governo em disponibilizar 1,4 milhões de euros para estender essa intervenção até à Avenida Frei Bartolomeu dos Mártires.

rio este braga

O projeto, que se baseia na primeira fase de renaturalização realizada em 2014, entre o hotel Meliá e o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), representa um marco significativo para a cidade.

De acordo com o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, “este não é um ato isolado”.

rio este braga

“Além desta intervenção, que será co-financiada pelo Fundo Ambiental, temos já a garantia de financiamento para uma nova fase da valorização do rio que será, cada vez mais, usufruído pelos bracarenses”, disse.

Simultaneamente, o autarca anunciou que a Câmara Municipal já está a preparar uma intervenção na nascente do rio, um projeto há muito esperado pela União de Freguesias de Este, que contribuirá para a valorização de um espaço único em termos paisagísticos.

rio este braga

A próxima fase do projeto, que em breve será lançada a concurso e tem um prazo de execução estimado de 180 dias, pretende remover o betão e renaturalizar as margens do rio Este, semelhante ao que aconteceu nas proximidades do INL.

Além disso, o projeto inclui a criação de uma nova via pedonal, uma rampa de acesso à lagoa e a instalação de bancos de jardim, proporcionando um ambiente mais natural e convidativo para os moradores e visitantes de Braga.

Publicidade