E24
call center

Braga: Trabalhadores da Concentrix iniciam greve de 16 dias em busca de melhores condições

Os trabalhadores da Concentrix Braga iniciam esta quinta-feira, 30 de novembro, uma greve de 16 dias depois das ausências de resposta satisfatória da empresa às reivindicações centrais apresentadas pelos trabalhadores.

Nuno Geraldes, do Sindicato dos Trabalhadores de Call Center (STCC), explica que esta concentração marca o ponto de partida para uma greve de 16 dias, que se estenderá de 30 de novembro a 15 de dezembro.

“As principais exigências dos trabalhadores incluem a inexistência de escalões salariais, um aumento do subsídio de alimentação, uma maior rotação nos horários de fecho e folga aos fins de semana, a possibilidade de gozar dias de folga consecutivos e um apoio mais significativo no que diz respeito à saúde mental”, refere Nuno Geraldes.

No plenário dos trabalhadores, após uma análise cuidadosa da situação e em resposta à inércia da empresa em relação às suas reivindicações, deliberou pela adoção da greve “como um meio de fazer ouvir as suas vozes e pressionar por mudanças significativas nas condições de trabalho”.

O STCC enfatiza que esta greve “não é apenas uma manifestação de insatisfação”, mas sim “uma ação coordenada e determinada dos trabalhadores em busca de melhorias concretas em suas condições laborais”.

 

 

 

 

Publicidade