E24

Esposende esteve nas praias a combater lixo marinho

O Município de Esposende associou-se ao Dia Internacional de Limpeza Costeira, que se assinala até 25 de setembro, numa organização da Fundação Oceano Azul, coordenadora nacional das ações de limpeza em todo a orla costeira de Portugal.

Neste sentido, no concelho de Esposende, foram efetuadas várias atividades de voluntariado em prol da proteção do oceano, desde a Foz do Rio Neiva, em Antas, até à praia da Ramalha, em Apúlia.

Nesta praia, decorreu uma ação de limpeza no âmbito da campanha #EUBeachCleanup, promovida pela União Europeia, a qual contou com a participação de voluntários do Europe Direct Minho, membro da rede Europe Direct Portugal.

“O Município de Esposende aproveita todas as oportunidades e iniciativas para promover a educação e sustentabilidade ambiental, incentivando e apoiando este tipo de ações de voluntariado, a fim de formar e consciencializar permanentemente os cidadãos para as problemáticas ambientais”, referiu, Paulo Marques, presidente do Conselho de Administração da Esposende Ambiente.

Paulo Marques aproveitou a oportunidade para apelar à correta utilização dos novos contentores para deposição de lixo marinho, que o Município instalou em locais estratégicos, junto às praias do concelho.

São 10 contentores personalizados destinados exclusivamente a este tipo de resíduos e que foram adquiridos no âmbito do E-REDES, projeto que terminou no passado mês de abril e que se desenvolveu ao longo de 18 meses, tendo como parceiros a empresa municipal Esposende Ambiente, a Universidade do Minho e a Rio Neiva – Associação de Defesa do Ambiente.

Assim, para além de dar a conhecer os resultados do projeto E-REDES, pretende-se também sensibilizar a população para a recolha de lixo marinho.

Em resposta ao desafio anual da Fundação Oceano Azul para a celebração do Dia Internacional de Limpeza Costeira, estão previstas, a nível nacional, mais de 100 ações de limpeza terrestres e subaquáticas, envolvendo a participação de milhares de voluntários.

Desde o arranque desta iniciativa, em 2019, já foram recolhidas, em Portugal, 192 toneladas de lixo marinho em aproximadamente 1250 ações de limpeza costeira, as quais envolveram quase 24 mil voluntários e 250 organizações.

Braga Natal 2022

Publicidade