E24

Intervenções do Festival de Arte Urbana inauguradas na Noite Branca de Braga

Braga acolhe pela segunda vez o FENDA – Festival de Arte Urbana, iniciativa que reúne artistas locais e internacionais para disseminar a arte urbana na Cidade e cujas obras serão inauguradas na Noite Branca de Braga 2022.

Com direcção artística do colectivo Cosmic Burger, curadoria artística da Circus Network e co-organizado com o Município de Braga, a segunda edição do Festival conta com a participação de oito artistas de renome: Mantraste, SpiderTag, Sebastião Peixoto, Monika Reut, Darren John, RA.SO.AL, Mots e Soraia Oliveira.

As intervenções estão localizadas na Escola Carlos Amarante, Edifício do Castelo, Campo das Carvalheiras, Centro Comercial Santa Bárbara, Associação Creche de Braga, Largo Barão S. Martinho, Mercado Municipal e Instituto D. João Cândido de Novais e Sousa.

“Este é um conjunto de trabalhos extremamente interessante que surge do desafio que temos lançado aos artistas, sejam Bracarenses ou não, para, através da arte urbana concretizarem os objectivos do Município de potenciar a sua capacidade e talento de expressão e de regeneração urbana através da arte”, referiu esta Terça-feira Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, acrescentando que o Município pretende estender esta forma de “qualificar o espaço público” para outras intervenções, lembrando o projecto ‘ENERGIZARTE’, desenvolvido em parceria com a Fundação EDP, que utilizou o mobiliário urbano para transformar elementos em factores de atractividade e de valorização para o Concelho.

Ao todo, a Cidade usufruirá de cinco pinturas murais, uma pintura de vidros, uma intervenção de materiais reutilizados e um mural de néon interactivo. O festival coloca artistas locais em contacto com criativos consolidados no panorama internacional, integrando os emergentes e inspirando os inovadores.

Com a intenção de envolver a comunidade, o colectivo artístico, em parceria com a E-Redes, lançou uma ‘open call’ para embelezar 12 caixas de distribuição de energia eléctrica. Os seis vencedores, que usufruirão de um prémio de 400 euros, intervencionarão na Rua de São Marcos e na Rua do Souto.

Estas intervenções vêm reforçar e dar continuidade ao investimento feito em arte urbana por parte do Município em todo o Concelho e que tem vindo a dar uma nova vida a edifícios privados, escolas e espaços do município, não só através do FENDA, mas também através de outros projectos, como o ‘ENERGIZARTE’ ou o ‘M.A.P.A – Artes Visuais’.

Publicidade

error: O conteúdo está protegido!!