E24
A28

Fim de pórticos na A28? Afinal são apenas dois. E a ferrovia em Esposende?

O líder do Partido Socialista, Pedro Nuno Santos, anunciou no Encontro Nacional de Autarcas, em Coimbra, que irá propor a eliminação da portagem no trajeto da autoestrada A28 fora da Área Metropolitana do Porto.

Pedro Nuno Santos prometeu discutir esta situação da A28 durante um dos primeiros conselhos de ministros caso o PS vença as eleições.

De forma concreta, e acreditando nas palavras de Pedro Nuno Santos, a grande área metropolitana do Porto incluí Vila do Conde e Póvoa de Varzim.

O mesmo será dizer que os pórticos que o secretário-geral do PS fala são apenas…dois.

Um fica em Palmeira de Faro, Esposende, e o outro em Neiva. Este último já há muitos anos que tem sido alvo de sucessivas promessas de acabar com o pórtico. Faz precisamente este mês de fevereiro que José Maria Costa disse que se ia reunir com, precisamente, Pedro Nuno Santos para pedir o fim do pórtico.

Mas a verdade é que “a coisa” nunca avançou.

Entretanto o assunto volta agora a ser tema, em clima pré-eleitoral, e Luís Nobre, autarca socialista da Câmara de Viana do Castelo, já veio aplaudir e destacou a importância de corrigir a “maior injustiça para com o Alto Minho”.

Nobre considera “crucial” para o concelho de Viana do Castelo e para a laboriosa população do Neiva o fim do pórtico. Luís Nobre elogiou Pedro Nuno Santos por assumir o compromisso (mais uma vez), afirmando que “o líder do PS demonstra responsabilidade na defesa dos interesses locais”.

Beneficiar a mobilidade…de carro

A decisão de eliminar a portagem fora da Área Metropolitana do Porto visa beneficiar a mobilidade e a economia da região, corrigindo uma medida que tem sido considerada injusta para os habitantes do Alto Minho.

Mobilidade esta de carro, contrariando a tendência das deslocações ferroviárias ou de mobilidade suave que estão a ser faladas. Na região, nomeadamente em Esposende, que se pede a ligação de comboio entre a Póvoa de Varzim e Viana do Castelo via Esposende, obrigando à construção de uma nova ponte que serviria também de substituição da velha Ponte de Fão.

Luís Cirilo, ex-Governado Civil de Braga, já defendia em 2021 a ligação de metro da Póvoa de Varzim a Fão (Esposende) no blog “Depois Falamos”. Mas a situação nunca foi amplamente discutida.

A única ponte que está prevista sobre o rio Cávado é uma pedonal e ciclável.

Resta agora aguardar os desdobramentos desta promessa de Pedro Nuno Santos, que, caso concretizada, representará uma mudança significativa para os utilizadores da A28 e para a região em geral.

Publicidade