E24

Portugal acorda com protestos na rua dos Agricultores. Há várias vias cortadas

Várias estradas em Portugal encontram-se condicionadas desde as primeiras horas da manhã de hoje, devido a um protesto liderado por agricultores em todo o país.

Centenas de veículos agrícolas, incluindo tratores e máquinas agrícolas, mobilizaram-se para reivindicar melhores condições para o setor.

De acordo com informações da Guarda Nacional Republicana (GNR), às 7h30, a A25, na região da Guarda, estava condicionada com um corredor de emergência devido a concentrações de cerca de 200 tratores.

Protesto na fronteira Portguesa

Em Portalegre, na fronteira do Caia, no sentido Portugal-Espanha, uma marcha lenta com condicionamentos na via estava em curso, envolvendo aproximadamente 200 tratores.

Outros pontos de bloqueio incluem uma concentração de 100 tratores na Golegã, em Santarém, com condicionamento na ponte da Chamusca. Em Beja, na Estrada Nacional 260, entre Vila Verde e Ficalho, cerca de 45 tratores e quatro viaturas pesadas estão mobilizadas.

A GNR está ativamente envolvida no acompanhamento do movimento, garantindo a segurança rodoviária e a ordem pública.

“Não há, até o momento, incidentes significativos afetando a ordem pública, apesar dos condicionamentos de trânsito”, refere a GNR.

O protesto

Organizado pelo Movimento Civil de Agricultores, o protesto surge como uma resposta às condições do setor agrícola em Portugal.

Os agricultores exigem a valorização do setor e condições justas, alinhando-se com manifestações semelhantes ocorridas em outros pontos da Europa.

Este protesto ocorre um dia após o Governo anunciar um pacote de mais de 400 milhões de euros, visando mitigar os impactos provocados pela seca e reforçar o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC).

No entanto, os agricultores expressam a necessidade de medidas mais abrangentes, incluindo o direito à alimentação adequada e uma verdadeira valorização da atividade agrícola.

A GNR apela à calma e respeito pelos direitos à mobilidade, enfatizando o caráter pacífico das manifestações.

A jornada de contestação dos agricultores portugueses será acompanhada ao minuto, com a expectativa de que as reivindicações do setor agrícola sejam ouvidas e consideradas pelas autoridades governamentais.

agricultores protesto

Publicidade