E24

Apreensões de droga em Viana comprovam que “Portugal é uma das portas de entrada da cocaína na Europa”

O relatório da ONU divulgado hoje destaca Portugal como uma das portas de entrada da cocaína na Europa por via marítima, juntamente com a Espanha.

O relatório destaca as apreensões de cocaína no distrito de Viana do Castelo como um exemplo da atividade de tráfico na região.

O país é visto como um ponto natural de chegada de cocaína devido à sua localização e extenso litoral atlântico.

O tráfico de drogas não é apenas realizado em cargas legítimas nos principais portos, como Setúbal, mas também em barcos de recreio que chegam ao Algarve, Madeira e Açores.

Grupos criminosos sediados na Galiza são apontados como responsáveis por parte da atividade de tráfico de cocaína em Portugal, com algumas das drogas encaminhadas para o norte de Portugal, nomeadamente em Esposende, Viana do Castelo e Caminha, e depois transportadas para a região espanhola por estrada.

Além disso, grupos de narcotraficantes galegos também são ativos na redistribuição de heroína para Portugal e Espanha por terra.

 

 

Publicidade

error: O conteúdo está protegido!!