17.1 C
Braga
Segunda-feira, Agosto 8, 2022
InícioCávadoEsposendeSeguradoras atrasam autópsia e trasladação do corpo

Seguradoras atrasam autópsia e trasladação do corpo

Data:

Subscreva

- Tenha acesso a todo o conteúdo do site

- Nunca perca uma noticia ou novidade na sua cidade

- Receba sempre as melhores promoções dos nossos parceiros

- Publicidade -

Ùltimas

spot_img
spot_imgspot_img

Exigências das seguradoras quanto a despistes toxicológicos ao corpo de Paulo Gonçalves, vítima de uma queda fatal na sétima etapa do Rali Dakar de todo-o-terreno, no domingo, estão a atrasar a autópsia e a devolução do corpo à família.

Fonte da equipa Hero confirmou que em causa estão exames adicionais pedidos devido aos seguros de vida e que estarão a atrasar a realização da autópsia do malogrado piloto português.

A mesma fonte garante que o Ministério dos Negócios Estrangeiros tem envidado esforços no sentido de acelerar o processo, de forma a transportar o corpo para Portugal o mais rapidamente possível.

Paulo Gonçalves faleceu domingo, aos 40 anos, na sequência de uma queda sofrida ao quilómetro 273 da sétima de 12 etapas do Rali Dakar de todo-o-terreno, cuja 42.ª edição se disputa este ano na Arábia Saudita.

error: O conteúdo está protegido!!
GDPR Cookie Consent with Real Cookie Banner