E24

Futebol: Artur Jorge quer SC Braga “capaz” e “competente” para bater Rio Ave FC

O treinador Artur Jorge frisou hoje que o SC Braga terá de ser mais capaz e competente para vencer no terreno do Rio Ave, hoje, em jogo da sexta jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Os bracarenses ganharam por 2-0 em Malmö, na Suécia, na quinta-feira, na primeira jornada do Grupo D da Liga Europa, tendo somado a quinta vitória consecutiva em todas as provas (mais um empate), enquanto o Rio Ave, depois de um mau início de campeonato com derrotas nas primeiras duas jornadas, não perde há três rondas seguidas, com dois empates e, pelo meio, a vitória caseira sobre o FC Porto (3-1).

“Sim, conhecemos o passado mais recente do Rio Ave, ganhou ao FC Porto, em casa. Sabemos que é uma equipa muito concentrada, aguerrida e determinada, tal como o seu treinador tem pedido. Tem jogadores com qualidade individual e sabemos que o Rio Ave nos vai criar dificuldades. Estamos preparados e temos, por obrigação, de saber o que nos é permitido fazer para ultrapassar o Rio Ave. A nossa ambição é ganhar o jogo, temos de ser mais capazes e competentes porque queremos sair de lá vencedores”, frisou.

O técnico admitiu que o SC Braga está a fazer “um arranque de temporada muito produtivo”.

“Entrámos nesta fase de maior densidade competitiva com os jogos da Liga Europa, demos uma boa resposta na Suécia, na quinta-feira, mas virámos logo a atenção para o jogo de Vila do Conde, querermos dar uma resposta muito positiva. Quero a equipa preparada e capaz de poder lugar por ganhar o jogo”, reforçou.

Artur Jorge revelou ainda que vai fazer alterações na equipa.

“Não vamos apresentar o mesmo ‘onze’ que na Suécia, isso é garantido. Vamos ter a equipa preparada para a exigência de competir de três em três dias, mas também temos um plantel com qualidade individual para que não se perca qualidade face às alterações que existirem e continuar a ter uma equipa consistente”, disse.

O SC Braga não sofre golos há cinco jogos e o treinador quer manter essa consistência defensiva.

“Não acrescentámos mais um elemento à linha defensiva, retirámos um, porque o Braga defendia com uma linha de cinco na época passada. Valorizámos o compromisso dessa linha de quatro, mas também de toda uma equipa que tem um grande compromisso defensivo. É sempre importante não sofrer golos, sabemos que estamos sempre mais perto de ganhar quando não se sofre, mas não sabemos se será sempre possível que assim seja. Vamos trabalhar para que a equipa possa ter essa consistência defensiva e não sofrer golos”, afirmou.

Banza, melhor marcador do campeonato, com cinco golos, foi considerado o melhor avançado e melhor jogador de agosto pela Liga de clubes e o técnico mostrou satisfação.

“Fico particularmente muito satisfeito por qualquer dos meus jogadores ser reconhecido. É um jogador que pedi ao meu presidente no início da temporada, sentia que nos ia acrescentar valor e ser um jogador determinante. Ele integrou-se perfeitamente e tem uma qualidade e um sentido de golo muito apurado. Vejo os prémios com naturalidade”, disse.

Só no final do treino de hoje à tarde é que Artur Jorge saberá se Niakaté e Victor Gómez recuperaram das lesões e estão aptos para serem opção para defrontarem o Rio Ave.

SC Braga, segundo classificado, com 13 pontos, e Rio Ave, 12.º, com cinco, defrontam-se hoje, a partir das 20:30, no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde, jogo que será arbitrado por Luís Godinho, da associação de Évora.

 

Publicidade

error: O conteúdo está protegido!!