E24

Unidade de cuidados continuados da misericórdia de Barcelos acreditada pela DGS

A Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) de Santo António, da Misericórdia de Barcelos, no distrito de Braga, foi acreditada pela Direção-Geral da Saúde com o nível de qualidade ‘Bom’, anunciou hoje a Santa Casa local.

“Com esta certificação, a UCCI de Santo António integra a listagem de entidades que respeitam as especificações e critérios estabelecidos pela Agência de Calidad Sanitaria de Andalucía (ACSA) – pelos quais a DGS se orienta –, atestando que cumpre boas práticas em diversas dimensões”, pode ler-se num comunicado hoje enviado às redações pela misericórdia barcelense.

Entre as boas práticas referidas, estão o “cidadão como centro do sistema de saúde (utentes), organização da atividade centrada na pessoa (serviços), profissionais, processos de suporte e resultados em saúde”.

“A candidatura para certificação da UCCI de Santo António pela DGS foi apresentada em maio de 2019 e está, assim, concluída”, refere a misericórdia, cujo provedor, Nuno Reis, considerou que se tratou de “um processo longo e exigente” durante o “desafio adicional da pandemia” de covid-19.

Inaugurada em 2014, a UCCI de Santo António tem como objetivo “fazer a transição daquilo que foi um episódio agudo para um episódio que possa ser o mais próximo daquilo que era a vida da pessoa enquanto pessoa na comunidade”, segundo o diretor técnico Ricardo Vieira, citado no comunicado.

A unidade está integrada na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), tendo duas unidades de internamento – a Unidade de Média Duração e Reabilitação e a Unidade de Longa Duração e Manutenção –, agora acreditadas pela DGS.

JE // ACL
Lusa/Fim

Publicidade

error: O conteúdo está protegido!!