E24
esposende barra

AMN e Marinha alertam para agitação marítima

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) e a Marinha alertaram hoje para o agravamento das condições meteorológicas e de agitação marítima na costa ocidental de Portugal Continental, que devem piorar entre a noite de hoje, 28 de fevereiro, e o final de 1 de março.

A agitação marítima será caracterizada por uma ondulação do quadrante Oeste, com uma altura significativa que poderá atingir cinco metros e uma altura máxima de nove metros.

A AMN e a Marinha recomendam que a comunidade piscatória e da náutica de recreio retorne ao porto de abrigo mais próximo e adote medidas de precaução.

“É aconselhado o reforço da amarração e vigilância das embarcações atracadas e fundeadas, bem como a vigilância permanente da evolução da situação meteorológica através de avisos à navegação e da previsão meteorológica do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA)”, destaca a AMN.

A população em geral é desaconselhada a praticar passeios junto à orla costeira e nas praias, bem como a prática de atividades em zonas expostas à agitação marítima ou atingidas pela rebentação.

“Deve-se evitar o acesso e permanência junto às falésias e zonas de arriba, adotando uma postura preventiva e não se expondo desnecessariamente ao risco. Caso seja absolutamente necessário deslocar-se até à orla costeira, deve-se manter uma atitude vigilante, tendo sempre em mente que nestas condições o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras”, recomenda a AMN.

Publicidade