E24

Esposende: PS quer Luís Peixoto e Anabela Solinho a renunciarem aos cargos e retira confiança política a Ânia Peixoto

“Os referidos eleitos, não foram escolhidos individualmente, mas numa lista partidária. Na verdade, o vereador foi eleito pelo PS, e não por si, pelo que deve devolver o lugar ao partido, já que o abandonou”, refere, em comunicado, a concelhia socialista.

A concelhia socialista, deliberou, por “unanimidade, repudiar o comportamento do vereador Luís Peixoto e da deputada municipal Anabela Solinho, eleitos nas listas do PS, sugerindo que renunciem aos cargos para que possam ser substituídos pelos elementos seguintes das listas do Partido, sendo que no caso do vereador, a situação é mais grave, porquanto o Partido Socialista apenas elegeu um vereador e com a saída do mesmo fica sem nenhum representante”, lê-se no comunicado.

Os socialistas garantem que “todos os cabeças de lista do PS aos órgãos de Freguesia e à Assembleia Municipal, declararam o seu repúdio pela atitude quer do vereador Luís Peixoto, quer da deputada municipal Anabela Solinho”.

Estes garantiram “o seu empenhamento em articular com os órgãos próprios do partido as decisões e posições que tomam, em nome do PS, nas Assembleias de Freguesia e Assembleia Municipal”.

No entanto, “Ânia Peixoto, eleita na liderança do PS para a Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Apúlia e Fão, ao contrário de todos os outros que aceitam a estratégia do partido para as suas freguesias, declarou que não o faria”. Pelo que a comissão política deliberou, por unanimidade, retirar-lhe a confiança política.

Sendo assim, a concelhia socialista apelou a que “Ânia Peixoto que renuncie ao lugar que ocupa na Assembleia de Freguesia de Apúlia e Fão para ser substituída pelo elemento seguinte na lista, bem como para não usar as páginas nas redes sociais, criadas por si, denominadas “Apúlia e Fão- Partido Socialista”, pois não está autorizada em falar, ou fazer publicações, em nome do Partido Socialista”.

Publicidade