E24
Fuga CSVH

Vila Verde: “Ponto de Fuga” do CSVH é um dos vencedores do Prémio “Manuel António da Mota”

No último domingo, o Centro Social e Paroquial de Vila Verde e Amares (CSVH) celebrou uma conquista notável ao receber o 3º lugar na 14ª edição dos Prémios Manuel António da Mota.

O prestigiado prémio, promovido pela fundação Manuel António da Mota, destacou o projeto “Ponto de Fuga” pela sua inovação na área da saúde mental.

Sob o tema “Portugal Futuro”, a cerimónia premiou instituições por suas realizações em diversas áreas de responsabilidade social, incluindo saúde, educação, inovação e coesão territorial.

O CSVH competiu com mais de 300 candidaturas a nível nacional, e o projeto “Ponto de Fuga” recebeu uma distinção significativa, acompanhada por um prémio de 10 mil euros.

O “Ponto de Fuga” é um espaço inovador financiado até dezembro de 2023 pelo Portugal Inovação Social, mediado pelo IPCA.

Este projeto destaca-se por integrar pessoas com doença mental na comunidade através da arte. Visando melhorar a condição de saúde mental, o projeto estimula capacidades sensoriais, cognitivas, relacionais, ocupacionais e sociais.

“Destina-se a adultos com doença mental grave, promovendo a inclusão social”, referiu Jorge Pereira, presidente do CSVH.

A entrega do prémio ocorreu no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, com a presença do primeiro Ministro, António Costa.

Jorge Pereira expressou ainda sua gratidão, afirmando que “o prémio não apenas reconhece o valor financeiro, mas também destaca a importância dos projetos na área da saúde mental”.

“Um orgulho pela distinção. Queremos agora expandir e modernizar a estrutura do projeto no futuro”, apontou.

Sílvia Peixoto, coordenadora do projeto, acrescentou que o prémio fortalece “a determinação da equipa em fornecer cuidados excepcionais na área da saúde mental”.

“O trabalho destaca-se pela natureza multidisciplinar e intensa. É recompensador e motivador para fazer mais e melhor”, destacou.

O CSVH, presente nos concelhos de Amares, Barcelos, Braga, Póvoa de Lanhoso, Terras do Bouro e Vila Verde, atua em diversas áreas, incluindo social, saúde, educação e cultural, através de várias respostas sociais e serviços.

O reconhecimento do projeto “Ponto de Fuga” reforça o compromisso do CSVH em continuar a contribuir para o bem-estar da comunidade.

 

 

 

Publicidade