E24
barcelos capital da saude mental - 1

Barcelos: Oficialmente reconhecida como a primeira Capital Mundial da Saúde Mental

Barcelos é oficialmente reconhecida como a primeira Capital Mundial da Saúde Mental. A cerimónia oficial de atribuição do título de Barcelos decorreu ontem nos Paços do Concelho.

O evento contou com a presença notável do presidente da Câmara de Barcelos, Mário Constantino, e do presidente da Federação Mundial de Saúde Mental, Tsuyoshi Akiyama, do Japão.

Durante o ato solene, foi assinado um memorando de entendimento que delineia um plano de ação a ser implementado em breve.

O presidente Mário Constantino expressou sua honra e orgulho pela distinção, destacando “a responsabilidade que isso representa para Barcelos“.

Reconhecendo o histórico do concelho na área da saúde mental, o presidente agradeceu às instituições locais pelo “contributo” e destacou “a importância da promoção da saúde mental como responsabilidade de toda a sociedade”.

O presidente da Câmara destacou a necessidade de ações preventivas, especialmente diante de uma população envelhecida.

O presidente da Federação Mundial de Saúde Mental, Tsuyoshi Akiyama, declarou que Barcelos “é um modelo para o mundo, destacando a inédita distinção concedida em 75 anos de existência da instituição”.

A partir do memorando assinado, será elaborado um Plano de Ação, com destaque para a criação de uma Academia da Saúde Mental e uma Rede Municipal de Saúde Mental.

Tsuyoshi Akiyama delineou um plano de ação estruturado em três vetores fundamentais, visando “a recuperação, projeção e medidas em nove áreas sociais”.

Tsuyoshi Akiyama acredita que o sucesso na implementação desse plano fará de Barcelos “um modelo global, pavimentando o caminho para possivelmente ser reconhecida como a 2.ª capital mundial de Saúde Mental até o final de 2026”.

 

Publicidade