E24
diogo freitas

É limiano e não é queijo. Diogo Freitas é um dos compradores do JN, O Jogo e TSF

Grupo de Empresários, liderado por Diogo Freitas, adquire importantes títulos de comunicação do Global Media Group.

Foi anunciada a aquisição de diversos títulos de comunicação do Global Media Group (GMG) por um grupo de quatro empresários, encabeçado por Diogo Freitas, natural de Ponte de Lima e proprietário da fabricante das icónicas bolachas belgas, com sede em Ponte de Lima.

A negociação inclui a compra do Jornal de Notícias (JN), TSF, O Jogo, Volta ao Mundo, Evasões, Notícias Magazine, JN História e a Rádio Comercial dos Açores.

Entretanto, o destino de outras marcas, como Diário de Notícias (DN) e Açoriano Oriental, permanece nas mãos dos acionistas do GMG.

A transação foi formalizada através de um memorando de entendimento assinado por Diogo Freitas e seus três parceiros, representando empresas do Porto e Lisboa.

De acordo com o comunicado divulgado, o grupo se comprometeu a pagar os salários dos colaboradores até 7 de fevereiro, e estão a ser avaliados mecanismos para a regularização do subsídio de natal.

Os acionistas do GMG, Marco Galinha, Kevin Ho, Mendes Ferreira e José Pedro Soeiro, afirmaram estar totalmente comprometidos com o futuro do grupo.

O comunicado também destaca que o “princípio de entendimento” visa garantir o presente e o futuro dos títulos pertencentes ao consórcio liderado por Diogo Freitas, bem como das marcas restantes do GMG.

Diogo Freitas afirmou publicamente que, com base no potencial das marcas e no EBITDA estimado, o negócio não deve ultrapassar os oito milhões de euros.

No entanto, reconheceu que este valor pode não ser suficiente, ressaltando o comprometimento do consórcio em encontrar uma solução viável para ambas as partes.

A transação marca um passo significativo no setor de comunicação em Portugal e levanta questões sobre o futuro editorial dos títulos envolvidos.

O consórcio liderado por Diogo Freitas expressou a intenção de preservar e fortalecer as marcas adquiridas, destacando a importância de uma parceria conjunta com o GMG.

Aguardamos desenvolvimentos adicionais à medida que as negociações avançam e a transição de propriedade se concretiza nos próximos meses.

Publicidade